Gripe suína: México tem 776 contaminados e 26 mortos

O número de pessoas com a gripe suína no México subiu de 701 para 776 casos confirmados, e o total de óbitos chegou a 26, informou nesta segunda-feira o ministro mexicano da Saúde, José Angel Córdova.

AFP |

"Temos 2.150 testes realizados, sendo 802 casos positivos, com 776 pessoas vivas e 26 falecimentos. Não ocorreram mortes nas últimas horas", disse Córdova à imprensa.

Segundo o ministro, a tendência de contágio por gênero está se equilibrando e agora 50,6% dos casos correspondem a mulheres e 49,4% a homens, enquanto que por idade o grupo mais afetado está abaixo dos 19 anos, com 51,5% dos casos.

Córdova destacou que se mantém a "tendência descendente para casos suspeitos e confirmados", já que "não se observa crescimento geométrico ou exponencial", mas garantiu que o governo não baixará a guarda.

"Seguimos em alerta e com todas as medidas de prevenção".

Diante da queda no contágio e nos casos de falecimento, o governo decretou a reabertura das escolas de nível superior, a partir de 7 de maio, e do nível básico, a partir de 11 de maio.

Os restaurantes da Cidade do México, fechados desde a sexta-feira passada, reabrem suas portas no dia 6 de maio.

sem/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG