CIDADE DO MÉXICO - A gripe suína causou no México a morte de 16 pessoas e são investigados outros 50 possíveis óbitos causados pela doença, além da análise de 943 possíveis contágios, informou nesta sexta-feira o secretário de Saúde do México, José Angel Córdova.

"Mortes realmente comprovadas por este vírus são 16. Estão sendo estudadas as mortes de outros 50 pacientes", disse Córdova à rede de televisão Milenio. Ele explicou que o sistema de saúde mexicano mantém em observação 943 pacientes que apresentam sintomas semelhantes aos da gripe suína.

A Organização Mundial de Saúde (OMS), com sede em Genebra, alertou nesta sexta-feira para a existência de centenas de casos suspeitos de gripe suína em humanos no México e nos Estados Unidos, incluindo cerca de 60 que levaram à morte dos pacientes no país latino-americano. Nos Estados Unidos foram registrados sete casos, nenhum deles grave.

Veja também:

Leia mais sobre: gripe no México

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.