As autoridades sanitárias do Uruguai anunciaram nesta quinta-feira três novas vítimas fatais da gripe A (H1N1), elevando a quatro o número de mortes no país atribuídas à doença.

O Uruguai registrou também mais de 20 novos casos de gripe suína. Pelo menos 50 pessoas estão internadas, seis delas em estado grave.

Os pacientes que faleceram nesta quinta-feira - duas mulheres, de 54 e 56 anos, de Maldonado e de Montevidéu, e um homem de 60 anos, também da capital uruguaia, apresentavam quadros respiratórios graves.

Além disso, na localidade de Paysandú, uma jovem de 22 anos com gripe suína que permanece hospitalizada na UTI e estava grávida de 10 semanas perdeu seu bebê.

A primeira morte por gripe A no Uruguai aconteceu na última segunda-feira em um hospital público da capital. A vítima era uma mulher de 60 anos que tinha problemas cardíacos, diabetes e insuficiência renal.

fb/ap/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.