Rio de Janeiro, 24 abr (EFE).- A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ordenou hoje redobrar os controles sobre os passageiros e bagagens de viagens com origem no México, como medida de precaução pelo surto de gripe suína que matou 20 pessoas no país.

A Anvisa ordenou ao pessoal de controle de portos, aeroportos e fronteiras que orientem os viajantes que se dirigem ou procedem do México para que aumentem os cuidados diante de possíveis casos de contágio e que as inspeções de cargas e bagagens sejam mais rigorosas.

De acordo com um comunicado da agência, também haverá reforços na inspeção das medidas de limpeza e desinfecção nos meios de transporte e nas dependências de postos fronteiriços.

As autoridades mexicanas confirmaram hoje a procedência e gravidade deste vírus, uma mutação no homem da gripe transmitida pelos porcos e que já contagiou cerca de mil pessoas no México. EFE mp/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.