Gripe suína: diretora da OMS preocupada com mortes de jovens adultos

Para Margaret Chan, diretora-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), o fato mais preocupante da gripe suína é que 40% das mortes (provocadas pelo vírus) envolvem jovens adultos com boa saúde.

AFP |

"Este vírus circula em uma velocidade incrível, inédita. Em seis semanas, ele percorre a mesma distância que outros vírus em seis meses", alertou a diretora da OMS, em entrevista publicada na tarde deste sábado pelo jornal francês Le Monde.

Ela também insistiu no número "sem precedentes" de pessoas infectadas, avaliando que "até 30% dos moradores dos países com forte densidade de população podem acabar contraindo o vírus".

"A maioria dos infectados não é afetada gravemente pelo vírus da gripe A (H1N1). Logo, não chega a ser surpreendente que muitas pessoas achem que estamos exagerando. Mas não concordo com esta opinião. Sem planos de preparação, seríamos incapazes de ter uma resposta organizada", afirmou.

"Mais ou menos 60% das mortes se dão quando as pessoas infectadas já tinham problemas de saúde. Isso significa que 40% das vítimas do vírus (da gripe suína) são jovens adultos com boa saúde, que morrem em cinco a sete dias de pneumonia viral", prosseguiu.

"Este é o fato mais preocupante. Curar estes pacientes é muito difícil", destacou.

"Em muitos países, os serviços de emergência e as Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) estão extremamente solicitados, frequentemente lotados", ressaltou a médica, temendo que recursos acabem sendo desviados "em detrimento das pessoas com câncer ou doenças cardiovasculares".

"Todo governo responsável tem que se preparar para o pior", sentenciou a diretora da OMS.

Margaret Chan ainda assinalou que não haverá vacinas em quantidade suficiente "nos próximos meses", e avaliou em 900 milhões de doses a capacidade anual de produção mundial de vacinas contra a gripe, para uma população de 6,8 bilhões de habitantes.

"O que mais precisamos agora é liderança política", encerrou.

chc/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG