Gripe suína deixa quase 250 mil estudantes sem aulas nos EUA

Washington, 1 mai (EFE).- O surto de gripe suína nos Estados Unidos obrigou ao fechamento temporário de 433 colégios em todo o país, deixando 245.

EFE |

500 estudantes sem aulas, informou hoje o Departamento de Educação americano.

As autoridades dos EUA recomendaram com firmeza aos colégios que suspendam imediatamente as atividades se suspeitarem de que um dos alunos possa portar o vírus AH1N1, que já causou uma morte no país.

Com esta medida, a intenção é reduzir os focos do vírus e impedir a propagação pelas vias respiratórias.

O Departamento de Educação americano informou que um total de 433 escolas de 17 estados seguiram o conselho, o que deixou sem aulas um total de 245.449 alunos.

A secretária de Segurança Nacional, Janet Napolitano, e o próprio presidente do país, Barack Obama, recomendaram às empresas e às famílias que tenham um plano de contingência caso os colégios suspendam as aulas e os estudantes precisem ficar em casa alguns dias, até que passe o perigo da gripe.

Segundo os últimos dados dos Centros para o Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC, em inglês), o número de afetados no país subiu para 141, em 19 estados. EFE pgp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG