A gripe suína começou a se espalhar pelas universidades dos Estados Unidos uma semana após a volta às aulas, com o registro de mais de 1.600 casos, mas apenas uma internação, segundo o American College Health Association.

Entre as 165 universidades analisadas, com mais de dois milhões de estudantes, foram identificados 1.640 casos. Em todo o país há mais de 18 milhões de estudantes universitários.

"Isto representa um grande número de casos apenas na primeira semana, e não me surpreenderia ver uma aceleração do número de casos", disse à AFP James Turner, presidente da American College Health Association.

A única internação mostra que a virulência da gripe entre os estudantes, em geral saudáveis, parece modesta.

vmt/LR/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.