Gripe H1N1 se espalha com temporada de monções na Ásia, diz OMS

Por Stephanie Nebehay GENEBRA (Reuters) - A gripe pandêmica H1N1 está se espalhando na Índia, na Tailândia e no Vietnã com o começo da temporada asiática das monções, disse nesta terça-feira a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Reuters |

Já em grande parte do Hemisfério Sul, inclusive Argentina, Chile, Austrália e Nova Zelândia, a doença parece ter passado do seu auge, afirmou a agência da ONU.

Oficialmente, o mundo registrou até 6 de agosto 177.457 casos da doença, embora o número real certamente seja muito mais alto, mesmo porque a OMS deixou de recomendar a notificação obrigatória. Houve 1.462 mortes. Atualmente, os países só têm obrigação de comunicar à OMS quando surge seu primeiro caso.

"Estamos vendo a difusão da pandemia sendo relatada em muitos dos países tropicais. E na Ásia, particularmente na Índia, Tailândia e Vietnã. Também estamos entrando na temporada das monções nestes países", disse a porta-voz da OMS Aphaluck Bhatiasevi, em Genebra.

"A Tailândia notificou a disseminação de uma doença como a influenza, e isso está aumentando. No Vietnã e na Índia, há uma crescente tendência, mas ainda não disseminada", disse Bhatiasevi à Reuters.

O Ministério da Saúde da Índia confirmou na semana passada a primeira morte no país provocada pelo vírus H1N1 -- uma menina de 14 anos.

A doença surgiu em abril, provavelmente no México, e desde 11 de junho é oficialmente uma pandemia. A OMS estima que ela venha a afetar 2 bilhões de pessoas.

"Em áreas temperadas do Hemisfério Sul -- Argentina, Chile, Austrália e Nova Zelândia -- as transmissões do vírus pandêmico parecem ter atingido um pico e agora está em declínio em áreas previamente afetadas", disse outra porta-voz da OMS, Fadela Chaib.

O temor de que o vírus se torne resistente ao antiviral Tamiflu salienta a necessidade de que uma vacina seja desenvolvida e chegue rapidamente ao mercado. A OMS disse na semana passada que as primeiras vacinas devem ser aprovadas e disponibilizadas já em setembro.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG