Gripe faz nova vítima nos EUA

Washington, 2 jun (EFE).- Uma mulher do estado da Virgínia morreu hoje após ter aparentemente contraído a gripe suína, confirmaram fontes oficiais.

EFE |

"A notícia de que o estado registrou sua primeira morte vinculada ao vírus da gripe suína é triste e um forte recordatório de que os residentes da Virgínia devem se manter atentos diante da propagação desta doença potencialmente fatal", assinalou em comunicado o governador Tim Kaine.

Fontes médicas disseram que não se confirmou ainda a causa exata da morte, mas indicaram que a gripe suína parece ter sido um fator.

"O impacto desta morte não diminui diante do fato de que a paciente tinha outros problemas médicos que aumentaram o risco de complicações", assinalou Karen Remley, comissária de saúde do estado.

Antes de se conhecer a morte da mulher, que não foi identificada, o Centro para o Controle e Prevenção de Doenças informou que a gripe causou a morte de 17 pessoas em todo o país.

O organismo do Governo indicou que agora o total de casos chega a 10.053.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE ojl/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG