Gripe deixa mais de 200 mortos na Índia

Nova Délhi, 15 set (EFE).- A Índia ultrapassou as 200 mortes por causa da nova gripe, após o falecimento de oito pessoas em vários pontos do país, informou hoje o Ministério da Saúde indiano.

EFE |

Duas das mortes por causa da nova gripe foram registradas em Délhi, cinco no estado ocidental de Maharashtra (o mais afetado pelo vírus) e uma na limítrofe região de Gujarat.

As mortes mais recentes aumentam para 201 o número de vítimas fatais por causa do vírus, segundo os dados oferecidos pelo Ministério da Saúde, em comunicado.

Apenas hoje, foram detectados 229 novos casos da nova gripe em todo o território indiano, o que coloca em 6,588 mil o número total de infectados pela doença.

Apesar de durante os primeiros meses desde que se soube da existência do vírus não terem sido registrados muitos casos na Índia, no início de agosto, morreu a primeira pessoa por causa da nova gripe e as vítimas continuaram aumentando.

A preocupação gerada entre a população levou o primeiro-ministro indiano, Manmohan Singh, a pedir tranquilidade durante seu discurso em 15 de agosto por ocasião do aniversário da independência indiana, e o Governo insistiu nas últimas semanas em pedir calma aos cidadãos. EFE amp/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG