Gripe deixa 76 mortos no Sudeste Asiático

Manila, 30 jul (EFE).- As autoridades de saúde das Filipinas anunciaram hoje a morte de uma pessoa por causa da gripe suína, e com isso sobe para 76 o número de pessoas que morreram em nações da região do Sudeste Asiático por causa dessa doença.

EFE |

Segundo o diretor do departamento de Doenças Contagiosas do Ministério da Saúde filipino, Lyndon Lee Suy, a gripe suína causou no país a morte de seis pessoas, e desde maio passado foram registrados 3,207 mil casos positivos.

Na Tailândia, o país da região mais afetado, 65 pessoas morreram por causa da gripe suína, que, segundo os dados oficiais, infectou até o momento pelo menos 8,877 mil pessoas.

O vírus da gripe suína também deixou quatro mortes na Malásia e outra na Indonésia.

No Camboja, foram registrados 17 casos positivos de gripe suína, enquanto, no Vietnã, houve 763, mas em nenhum dos países suas respectivas autoridades de saúde confirmaram mortes de pessoas infectadas.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE mfr/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG