Greve vai parar obras nos estádios da Copa

As obras dos estádios para a Copa do Mundo da África do Sul-2010 serão interrompidas na quarta-feira, após uma decisão judicial que considerou legal uma convocação de greve que pode ter a adesão de 70.000 trabalhadores.

AFP |

O sindicato NUM, o mais importante do país no que diz respeito aos operários da construção civil, obteve respaldo legal para a intenção de convocar a greve, que os patrões consideravam ilegal.

"Mais de 70.000 operários vão interromper os trabalhos na quarta-feira", afirmou o porta-voz do NUM, Lesiba Seshoka. Os representantes dos trabalhadores exigem um aumento salarial de 13%.

A convocação de greve afeta os estádios em construção ou em reforma, assim como as obras do trem de alta velocidade Gautrain em Johannesburgo e do aeroporto internacional King Shaka, perto de Durban.

ip/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG