Greve pára indústria do cinema na Índia

Os filmes de Bollywood geralmente mostram coreografias glamorosas em lugares exóticos, mas as condições de trabalho para os atores secundários e as equipes de filmagem nos bastidores são tradicionalmente precárias. Os responsáveis pela montagem de cenário e pela iluminação recebem o equivalente a cerca de R$ 20 por dia por longas jornadas de trabalho, sem direito a hora extra.

BBC Brasil |

Por isso, 100 mil atores, roteiristas, técnicos e cinegrafistas resolveram paralisar as atividades até obterem melhores salários.

A imprensa indiana diz que a greve provocou o cancelamento de mais de 40 produções de filmes e de programas de televisão, abalando uma das indústrias cinematográficas mais produtivas do mundo.

Estima-se que os lucros da indústria cinematográfica da Índia tenham atingido US$ 2 bilhões em 2006, e a expectativa é de que o valor duplique em quatro anos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG