Greve na Boeing entra em seu quinto dia sem perspectiva de negociações

A greve dos mecânicos da Boeing entrou nesta quarta-feira em seu quinto dia, sem que haja previsão de uma retomada das negociações entre funcionários e empregadores, expressaram porta-vozes de ambas as partes.

AFP |

A greve "segue firme. Não há novas negociações programadas por agora", disse à AFP Frank Larkin, porta-voz do sindicato International Association of Machinists and Aerospace Workers (IAM).

"Estamos à disposição para realizar uma reunião, mas não há nada previsto", confirmou o porta-voz da Boeing, Tim Healy.

Os 27.000 mecânicos da Boeing, que representam 16% da força de trabalho da empresa, entraram em greve no último sábado, após o fracasso das negociações por um contrato de três anos.

maj/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG