Greve impede que jornais cheguem às bancas na França

PARIS - Uma greve de funcionários da imprensa e de distribuição impediu que quase todos os jornais de tiragem nacional chegassem hoje às bancas no norte da França.

EFE |

O jornal "Le Parisien", que tem um dispositivo de impressão e distribuição próprio, foi o único que conseguiu evitar de forma sistemática os efeitos da greve organizada pelo sindicato da Presstalis, companhia responsável pela distribuição da maior parte dos jornais editados em Paris.

A Presstalis afirmou que os grevistas conseguiram bloquear, em particular, a atividade no centro de distribuição de Gonesse, na periferia de Paris, que serve de plataforma para o envio ao norte da França.

O protesto já tinha tido consequências ontem para o "Le Monde", que também não conseguiu chegar aos pontos de venda à tarde, como é habitual.

Para compensar os leitores, os jornais disponibilizaram o conteúdo de suas edições impressas em seus sites.

A greve pretende fazer pressão frente ao plano de economia da Presstalis, e contra a não renovação de contratos temporários de uma parte do pessoal.

Leia mais sobre greve na França

    Leia tudo sobre: françagreve

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG