Greve de controladores aéreos afeta voos e aeroportos em Paris

PARIS (Reuters) - Os voos médios e longos procedentes de Paris, na França, devem sofrer cancelamentos na quarta-feira por causa de uma greve de controladores de tráfego aéreo que entrará em seu segundo dia, alertaram as autoridades do setor nesta terça-feira. A Direção Geral da Aviação Civil disse ter pedido aos operadores que cancelem 25 por cento das decolagens no Aeroporto Charles de Gaulle e metade no de Paris-Orly.

Reuters |

A Air France previu que irá operar cem por cento dos seus voos de longa distância, mas só 75 por cento dos voos domésticos e europeus com origem no Charles de Gaulle e apenas 50 por cento dos voos com início em Paris-Orly.

Os sindicatos convocaram uma greve de cinco dias a partir de terça-feira para protestar contra um acordo de modernização do controle de tráfego aéreo, assinado por Alemanha, Bélgica, França, Luxemburgo, Holanda e Suíça. Os sindicatos temem que as reformas provoquem demissões.

A previsão é de transtornos no serviço aéreo até a manhã de sábado.

Famílias com filhos que esperavam informações nos aeroportos parisienses reagiram com irritação, afirmando a redes locais de televisão que se sentiam reféns em uma disputa trabalhista.

Os sindicatos franceses protestam também contra reduções orçamentárias previstas para 2010 e 2011, como parte de um esforço mais amplo do governo para cortar gastos públicos.

(Reportagem de Sophie Hardach)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG