Atenas, 9 jan (EFE).- Um grupo de estudantes filiados ao Partido Comunista e membros de sindicatos ateou fogo hoje a bandeiras de Israel e Estados Unidos em meio a protestos contra a ofensiva militar israelense em Gaza realizados em Atenas, informou a imprensa grega.

Milhares de pessoas participaram hoje em duas manifestações em Atenas, uma contra a violência policial, após a morte de um adolescente, há um mês, e outra contra a guerra.

O desenvolvimento dos protestos será o primeiro teste para o novo vice-ministro encarregado de Ordem Pública, Jristos Markoyanakis, que assumiu seu cargo ontem após uma remodelação ministerial e prometeu "tolerância zero à violência".

A manifestação se dirigiu até as embaixadas dos EUA e de Israel, no centro de Atenas.

A maioria das lojas, escritórios e bancos se prepararam para uma possível nova onda de violência, que causou estragos no valor aproximado de 200 milhões de euros no mês passado na capital grega.

O centro da capital está fechado à circulação a partir do meio-dia e centenas de agentes antidistúrbios foram posicionados aos arredores do Parlamento e dos ministérios para protegê-los de possíveis atos de vandalismo. EFE afb/jp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.