Grega põe fogo em genitais de turista britânico

Um tribunal da Grécia vai ouvir nesta sexta-feira o depoimento de uma mulher acusada de atear fogo aos órgãos genitais de um turista britânico na ilha de Creta.

BBC Brasil |

A acusada, uma grega de 26 anos, admitiu ter jogado uma bebida alcoólica e ateado o fogo aos genitais do britânico, afirmando que fez isso porque havia sido assediada sexualmente. A polícia de Creta disse que o turista estava bêbado e que já havia mostrado seus genitais para várias mulheres.

O homem sofreu queimaduras de segundo grau e está se recuperando em uma clínica. A mulher entregou-se à polícia e alegou legítima defesa. Os nomes de ambos não foram divulgados pela polícia grega.

Turistas britânicos

Segundo o correspondente da BBC na Grécia Malcolm Brabant, ela recebeu o apoio de diversas pessoas em Creta por ter "defendido sua honra".

O caso gerou um grande debate na televisão do país. Muitos gregos reclamam do comportamento de turistas britânicos que vão passar suas férias de verão nas praias do país.

Segundo a polícia, o turista de 23 anos estava bêbado quando baixou suas calças em uma boate na praia de Malia.

A mulher disse que pediu que o turista parasse com o assédio. Como ele se recusou, ela jogou um copo de Sambuca, uma bebida alcoólica, nos genitais da vítima e acendeu o fogo.

Uma porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Grã-Bretanha disse: "Nós podemos confirmar que nas primeiras horas de terça-feira, um britânico de 23 anos foi agredido em Creta. Nós acreditamos que ele sofreu queimaduras no peito e no abdômen. Ele está recebendo assistência consular".

Leia mais sobre Grécia

    Leia tudo sobre: grécia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG