Grécia apreensiva por seqüestro de armador milionário

A esposa de Pericles Panagopulos, o milionário armador grego seqüestrado na segunda-feira, lançou novamente neste sábado um apelo aos seqüestradores pela televisão para que libertem seu marido doente, ressaltando que estava disposta a cooperar com eles.

AFP |

"Suplico aos seqüestradores para que se comuniquem comigo o mais rápido possível (...) Há dois dias que não tenho notícias", indicou Katerina Panagopulos em uma entrevista com o canal público de televisão Net.

Poucas horas antes havia afirmado ante as câmeras do canal Mega que estava disposta a pagar a soma exigida pelos seqüestradores, sem indicar o valor.

Segundo o Net, o resgate exigido pelos seqüestradores chega a 35 milhões de euros (46 milhões de dólares), enquanto que outros meios de comunicação indicam que a soma é de 100 milhões de euros (132 milhões de dólares).

Pericles Panagopulos, de 74 anos, está em bom estado de saúde, segundo sua esposa, e precisa de cuidados diários.

Segundo a imprensa local, as negociações entre a família do rico armador, fundador da mais importante companhia de transporte marítimo da Grécia, e os seqüestradores se encontram em um ponto crucial, mas a família tinha dificuldades para reunir rapidamente a quantia exigida.

Pericles Panagopulos foi seqüestrado na segunda-feira com seu motorista por três homens armados com fuzis kalashnikov que bloquearam a passagem de seu veículo quando acabava de sair de sua residência, no bairro de Kavuri. O motorista foi libertado pouco tempo depois.

hec/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG