LISBOA - As grandes potências que negociam com Teerã sobre suas atividades nucleares decidiram pedir uma reunião o quanto antes depois de considerar insuficiente a última proposta dos iranianos, anunciou nesta sexta-feira a porta-voz do chefe da diplomacia europeia, Javier Solana.

Durante uma conferência telefônica, o chamado grupo 5+1 (Estados Unidos, Rússia, China, França, Grã-Bretanha e Alemanha) concordou em pedir aos iranianos uma reunião o quanto antes.

Antes, Solana afirmou que o Irã não respondeu em sua última proposta as perguntas feitas sobre seu programa nuclear.

Segundo o grupo das seis potências, o documento enviado pelos iranianos no começo da semana "não é uma resposta às perguntas sobre o programa nuclear". O documento estaria muito mais centrado nas questões globais que no tema nuclear.

A porta-voz, no entanto, confirmou que as consultas prosseguem entre as grandes potências encarregadas de discutir o polêmico programa nuclear do Irã, para buscar "uma resposta coordenada".

Leia mais sobre Irã

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.