Grande Rabino de Roma elogia declaração do Vaticano sobre Pio XII

O Grande Rabino de Roma, Riccardo di Segni, qualificou nesta quarta-feira de bom sinal a declaração do Vaticano segundo a qual a decisão, anunciada sábado passado, de seguir adiante com o processo de beatificação de Pio XII, não constitui um ato hostil ao povo judeu.

AFP |

"Fiquei feliz com a consideração do Vaticano, que respondeu a algumas perguntas essenciais da comunidade judaica", declarou Di Segni em comunicado.

Em nota enviada à imprensa nesta quarta-feira depois de "várias reações no mundo judeu", o porta-voz do Papa, Federico Lombardi, afirmou que a decisão do Vaticano valoriza um "testemunho de vida cristão" e não "o alcance histórico de todas suas escolhas".

O papa Bento XVI proclamou "veneráveis" Pio XII e João Paulo II, mas isso não significa, segundo Lombardi, que os dois processos estejam interligados. "Os dois processos são independentes e não há, portanto, nenhum motivo para tecer hipóteses sobre uma eventual beatificação concomitante", afirmou.

glr/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG