portões eletrônicos para estrangeiros até 2010 - Mundo - iG" /

Grã-Bretanha terá portões eletrônicos para estrangeiros até 2010

O Ministério do Interior britânico afirmou nesta terça-feira que quer controlar a entrada e saída de todos os cidadãos de fora da União Européia até 2010 através de portões eletrônicos. Utilizando o sistema eletrônico de fronteiras, ou e-Borders, policiais de imigração poderão ainda, até 2014, conferir se os passageiros estão listados como imigrantes ilegais ou como pessoas que representam riscos à segurança nacional, disse o governo.

BBC Brasil |

Avaliado em 1,2 bilhão de libras esterlinas (cerca de US$ 3,7 bilhões), o sistema já foi utilizado para checar 50 milhões de passageiros que viajavam para a Grã-Bretanha, levando a mais de 2 mil prisões.

Segundo o Ministério do Interior, a meta de controlar o movimento de 99% dos cidadãos de fora da UE até 2010 é mais ambiciosa que a de 95% anunciada quando o sistema foi lançado, em 1997.

"O Reino Unido tem uma das fronteiras mais seguras do mundo e estamos determinados a mantê-la assim", disse a ministra do Interior, Jacqui Smith.

Escaneamento de rosto
Como parte do esforço mencionado pela ministra, o órgão de controle de fronteiras da Grã-Bretanha também está testando, a partir deste mês, uma tecnologia de escaneamento facial no aeroporto de Manchester.

No novo sistema, passageiros britânicos ou de outros países da UE que possuem passaportes biométricos (dotados de um chip de computador que armazena dados pessoais e imagens) não fazem fila.

Quando passam por um portão, seus passaportes são escaneados para verificar se os nomes constam de listas de pessoas não desejadas ou se o documento é legítimo.

Em um segundo portão, seus rostos são fotografados e as fotos são automaticamente comparadas às imagens contidas em seus passaportes.

Nesses portões, não há oficiais de imigração e o controle é feito pelas máquinas. Se um passageiro é barrado, vai para a fila comum de checagem de passaportes.

Se bem sucedido, o sistema poderá ser adotado em controles de fronteira por todo o país, afirmou o Ministério do Interior.

Todos os passaportes novos emitidos na Grã-Bretanha nos últimos dois anos incluem o chip com dados biométricos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG