Grã-Bretanha tem primeiro trimestre de contração desde 92

A economia britânica contraiu mais rápido entre julho e setembro do que havia sido previsto, segundo dados divulgados nesta terça-feira pelo Escritório Nacional de Estatísticas (ONS, na sigla em inglês). Segundo o ONS, a economia sofreu contração de 0,6% no trimestre - a estimativa anterior era de contração de 0,5%.

BBC Brasil |

A estimativa para o trimestre anterior permanece inalterada com crescimento zero.

O crescimento zero no segundo trimestre de 2008 pôs fim a uma seqüência de 63 trimestres consecutivos de crescimento, iniciada em 1992.

Recessão
Os números do crescimento econômico estão sendo monitorados de perto porque dois trimestres consecutivos de crescimento negativo caracterizam uma recessão em países desenvolvidos.

O setor de serviços está entre os mais afetados no terceiro trimestre, tendo encolhido 0,5%, depois de ter crescido 0,2% no trimestre anterior.

A situação está ainda pior no setor manufatureiro, onde a produção encolheu 1,4% no período.

O governo vai anunciar a primeira estimativa de crescimento entre outubro e dezembro deste ano no início do ano que vem.

As notícias no setor imobiliário também não são boas, já que a aprovação do financiamento de casas atingiu um novo recorde de baixa em novembro.

O número de empréstimos aprovados para a compra de casas caiu 14% em novembro, para 17.773, segundo a Associação de Banqueiros Britânicos.

Comércio
Também foram divulgados números da balança comercial, com o déficit de conta corrente chegando a 7,7 bilhões de libras (cerca de R$ 27 bi) entre julho e setembro, em comparação com 6,4 bi de libras no trimestre anterior (cerca de R$ 22 bi).

A conta corrente é a diferença entre o total de exportação de bens e serviços de um país frente ao total de importações dos mesmos, e exclui transações financeiras.

Os números de produtividade indicam que a produção por trabalhador diminuiu 0,2% no terceiro trimestre, em comparação ao mesmo período no ano passado.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG