Um total de 470 crianças permanecem detidas em centros de retenção na Grã-Bretanha, informa o jornal The Guardian.

Os menores, em sua maioria procedentes de países pobres ou afetados por conflitos como Zimbábue, Sudão, Sri Lanka e República Democrática do Congo, permanecem nos centros ao lado de suas família.

Os números do ministério do Interior revelam a situação até o dia 30 de junho.

A maioria das crianças tem menos de cinco anos e mais de 30% permanecem detidos por mais de 28 dias, completa o jornal.

tha/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.