O número de militares britânicos mortos no Afeganistão desde a invasão do fim de 2001 chegou a 100, depois que três soldados faleceram em um atentado suicida no domingo, anunciou o ministério da Defesa britânico.

"Quatro soldados ficaram feridos no ataque e foram levados para o hospital", afirma um comunicado. Apenas um sobreviveu.

O atentado aconteceu na província meridional de Helmand, região onde está mobilizada a maioria das tropas britânicas da Força Internacional de Assistência e Segurança (Isaf) da Otan.

O chefe do Estado-Maior britânico, Sir Jock Stirrup, e o ministro da Defesa, Des Browne, insistiram que estão sendo registrados progressos no Afeganistão e que os soldados não morreram em vão.

A Grã-Bretanha tem atualmente 7.800 soldados no Afeganistão.

ame/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.