Grã-Bretanha indicia 9 por conspiração terrorista

Presos em operação policial são acusados de conspirar para provocar explosão e preparar atentados entre outubro e dezembro

BBC Brasil |

selo

Nove homens foram indiciados pela polícia britânica por acusações de conspirar para provocar explosões na Grã-Bretanha e de preparar ataques terroristas.

Segundo a polícia do condado de West Midlands, os nove homens, com idades entre 19 e 28 anos, deverão depor nesta segunda-feira à Justiça. Três deles são de Cardiff, no País de Gales, dois são de Londres e quatro são de Stoke-on-Trent, no centro da Grã-Bretanha.

Os nove foram presos em uma operação policial coordenada pela Unidade de Anti-Terrorismo de West Midlands no dia 20 de dezembro. Outros três homens foram presos na operação, mas acabaram soltos sem serem indiciados.

Os homens, que continuam presos, foram acusados de conspirar entre os dias 1º de outubro de 20 de novembro para provocar uma explosão. Eles também são acusados de se envolver em condutas para preparar atos terroristas entre as datas de 1º de outubro e 20 de dezembro.

O lorde Alex Carlile, revisor independente das leis anti-terror britânicas, afirmou após as prisões que havia indícios "significativos" de um plano terrorista.

    Leia tudo sobre: terrorismogrã-bretanha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG