Grã-Bretanha endurece regras para concessão de visto estudantil

Por Peter Griffiths LONDRES (Reuters) - A Grã-Bretanha vai endurecer as regras de concessão de vistos para estudantes, disse o governo no domingo, em um esforço para controlar um sistema que alguns especialistas de segurança dizem ser explorado por militantes islâmicos.

Reuters |

Sob as novas regras, aqueles que estiverem solicitando vistos de fora da União Europeia terão de falar um inglês melhor e enfrentarão restrições mais duras para trabalhar em regime parcial.

O secretário do Interior, Alan Johnson, disse que as medidas são parte de uma campanha mais ampla contra imigrantes que pedem vistos de estudantes apesar de planejarem trabalhar no país.

Os controles mais rígidos também ajudariam a enfrentar preocupações com segurança em relação a militantes que entram na Grã-Bretanha aparentemente para estudar.

Analistas têm alertado há anos sobre a ameaça de militantes islâmicos nas universidades britânicas, incluindo estrangeiros com vistos de estudantes.

A questão ganhou destaque na agenda política no mês passado quando um nigeriano acusado de tentar explodir um avião de passageiros nos Estados Unidos tentou reingressar na Grã-Bretanha em abril para estudar em uma universidade falsa.

O governo não informou em quanto a concessão de vistos estudantis deve cair com as novas regras. A Grã-Bretanha concedeu 236 mil vistos de estudantes em 2008-09 e recusou 110 mil pedidos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG