bola está com a China , sobre negociações - Mundo - iG" /

Governo tibetano exilado diz que a bola está com a China , sobre negociações

Nova Délhi, 18 nov (EFE).- O primeiro-ministro do Governo tibetano no exílio, Samdhong Rinpoche, afirmou hoje que as autoridades do Tibete estão sempre abertas ao diálogo com Pequim e que agora a bola está com a China.

EFE |

Rinpoche fez estas declarações a um grupo de jornalistas na reunião realizada estes dias na cidade indiana de Dharamsala para decidir o futuro do movimento tibetano, segundo um comunicado divulgado pela Administração Central Tibetana em seu site.

"A bola está com a China para responder ao memorando de autonomia genuína ao Tibete que lhes entregamos", disse Rinpoche.

Os enviados do Dalai Lama, Lodi Gyari e Kelsang Gyaltsen, apresentaram um memorando para alcançar uma "autonomia genuína" no Tibete durante a oitava rodada de diálogo com membros do Governo chinês, realizada no início deste mês em Pequim.

Além disso, Rinpoche disse que as autoridades tibetanas estão "sinceramente comprometidas com um sistema democrático genuíno que reflita a opinião do povo no futuro do Tibete".

O líder destacou que a reunião se desenvolve em uma "atmosfera poderosa e com carga emotiva" e que seus mais de 500 delegados discutem um amplo espectro de temas.

Rinpoche mostrou sua preocupação com "o constante medo" com o qual, segundo ele, vivem os tibetanos devido às "duras medidas repressivas que ainda prevalecem no Tibete".

Dharamsala, uma pequena cidade nos arredores do Himalaia, que acolhe o Dalai Lama, líder espiritual e político tibetano, recebeu intelectuais e representantes de todo o arco ideológico tibetano.

Desde 2002, enviados do Dalai Lama mantiveram oito rodadas de diálogo com as autoridades chinesas, a última delas este mesmo mês, mas nenhuma obteve resultados significativos. EFE mb/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG