Governo tem pequena vantagem em eleição para presidente de Gana

Acra, 8 dez (EFE).- O candidato do governamental Novo Partido Patriótico (NPP), Acalanto Akufo-Ado, tem uma pequena vantagem sobre seu oponente do Congresso Nacional Democrático (NDC), segundo indicam os primeiros resultados das eleições gerais realizadas ontem em Gana.

EFE |

Após a apuração dos votos em 18 dos 230 distritos eleitorais, Akufo-Ado acumula 53% dos votos, enquanto seu rival do NDC, John Evans Atta Mills, tem 44%.

Os candidatos devem conseguir mais de 50% dos votos para vencer as eleições presidenciais no primeiro turno. Caso não consigam a maioria absoluta, haverá segundo turno.

O opositor NDC acusou o NPP de tentou manipular o pleito e disse que haverá sérias conseqüências se provar que foi assim.

"Sabemos que ganhamos as eleições e não permitiremos que nenhum ato desonesto do NPP e seus seguidores (...) levem a que se cometa o mesmo erro do que nas eleições de 2004", afirmou o chefe do departamento de imprensa do NDC em comunicado.

Quanto às eleições parlamentares, às quais concorrem 1060 candidatos, vários ministros perderam suas cadeiras da Assembléia Nacional, entre eles o ministro de Reformas Públicas e o vice-ministro de Saúde, Glaadys Ashitey.

Segundo o presidente da Comissão Eleitoral, Kwado Afari-Gyan, os resultados finais serão divulgados "três dias depois do fechamento dos postos eleitorais", que aconteceu ontem às 15h (horário de Brasília).

A ausência de incidentes notáveis e a elevada participação dos eleitores, que formaram longas filas para escolher o novo presidente e os 230 componentes do Parlamento, marcaram as quintas eleições eleitorais realizadas em um dos países mais estáveis da África. EFE ma/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG