Praga, 15 jan (EFE).- O presidente do Governo tcheco, Mirek Topolanek, anunciou hoje os novos ministros do gabinete de coalizão, integrado por conservadores, democratas-cristãos e verdes.

A nova ministra da Saúde será a senadora conservadora Daniela Filipiova, no lugar de Tomas Julinek.

O ex-governador da região de Boêmia Central e vice-presidente do conservador Partido Democrático Cidadão (ODS), Petr Bendl, substituirá Alex Rebicek na pasta dos Transportes.

O presidente do Conselho Legislativo do Governo será o embaixador para a União Européia Pavel Svoboda, da União Democrata-Cristã (KDU-CSL), no lugar de seu correligionário e ex-chefe da diplomacia tcheca Cyril Svoboda.

Svoboda assumirá o Ministério do Desenvolvimento Regional, em lugar de Jiri Cunek, chefe dos democratas-cristãos.

A Cice-presidência do Executivo, que Cunek acumulava, passará à ministra da Defesa, Vlasta Parkanova.

O músico Michael Kocab, dos verdes, substituirá Dzmila Stehlikova como ministro extraordinário para Direitos Humanos.

Estas mudanças serão efetivadas no próximo dia 23 e Topolanek afirmou hoje que não submeterá sua nova equipe a voto de confiança no Parlamento, como pediu a oposição social-democrata. EFE gm/jp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.