Governo tailandês revoga passaporte de ex-primeiro-ministro

Bangcoc, 15 dez (EFE) - O Governo da Tailândia revogou o passaporte do ex-primeiro-ministro Thaksin Shinawatra, foragido da justiça tailandesa desde agosto, anunciou hoje o Ministério de Assuntos Exteriores tailandês.

EFE |

O ministério destacou em comunicado que a decisão foi adotada no último dia 12 e que o próprio interessado, que se encontra em um exílio voluntário, foi informado da medida.

Em novembro, o Governo do Reino Unido revogou o visto que tinha concedido a Shinawatra, depois que, em outubro, um tribunal tailandês sentenciou o ex-líder a dois anos de prisão por abuso de poder, e ele teve que abandonar o país onde tinha fixado residência desde o golpe de 2006 que o depôs.

O anúncio da medida oficial ocorreu no mesmo dia em que a oposição conquistou o poder na Tailândia.

O líder do opositor Partido Democrata, Abhisit Vejjajiva, foi eleito primeiro-ministro por 235 votos a favor e 198 contra em uma votação realizada no Parlamento.

O atual paradeiro de Shinawatra é desconhecido, mas seus seguidores na Tailândia escutaram no sábado uma mensagem gravada na qual denunciou um "golpe encoberto" na Tailândia contra seus seguidores no Governo e previu uma longa vida à crise enquanto não forem encerradas as divisões políticas. EFE grc/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG