Governo tailandês declara estado de exceção em Bangcoc

Bangcoc - O Governo da Tailândia declarou o estado de exceção em Bangcoc e em outras cinco províncias vizinhas da capital, com a finalidade de restaurar a ordem e acabar com os protestos antigovernamentais.

EFE |

Em comunicado anunciado pela televisão estatal, o Governo disse que a Polícia e o Exército se encarregarão de aplicar as normas que ajuda o estado de exceção.

AP

Manifestantes forçaram o cancelamento da cúpula da Asean

O decreto proíbe as reuniões de mas de cinco pessoas e as concentrações públicas que as autoridades considerem que podem representar uma ameaça para a ordem pública.

A declaração de estado de exceção em Bangcoc e nas províncias vizinhas de Nonthaburi,Samut Prakan, Pathum Thani, Nakhon Pathon, e Ayutthaya, chega um dia depois que vários centenas de opositores do Governo atacaram a sede da cúpula asiática, e forçaram seu cancelamento.

Ontem, o primeiro-ministro Abhisit Vejjajiva decretou o estado de exceção na cidade de Pattaya, ao leste da capital e onde devia celebrar-se a conferência.

Em um pronunciamento na televisão, o primeiro-ministro justificou que a medida era necessária para atacar os problemas de segurança antes que se tornem incontroláveis.

Leia mais sobre: Tailândia

    Leia tudo sobre: tailândia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG