O ministério russo do Interior advertiu nesta quarta-feira para o risco de que a atual crise econômica provoque uma escalada de distúrbios sociales, informou a agência RIA Novosti.

"A situação atual pode agravar os protestos provocados pelo descontentamento entre os trabalhadores por salários não pagos ou ameaças de demissões, assim como pelas medidas impopulares adotadas como parte do programa anticrise do governo", afirmou o vice-ministro do Interior, Mikhail Sukhodolski.

cb/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.