Moscou, 7 abr (EFE).- O Governo do Quirguistão apresentou hoje sua renúncia e o presidente, Kurmanbek Bakiev, abandonou a capital do país, Bishkek, após os violentos confrontos entre Polícia e manifestantes antigovernamentais, anunciou a oposição local.

"Fomos à sede do Governo negociar. O primeiro-ministro, Daniar Usenov, assinou a renúncia do Executivo", afirmou Temir Sariev, um dos dirigentes opositores, citado por agências de notícias russas.

EFE io/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.