Governo perde em principais distritos eleitorais argentinos

Buenos Aires, 28 jun (EFE).- O Governo, liderado pelo ex-presidente Néstor Kirchner, perdeu nos principais distritos eleitorais da Argentina no pleito legislativo realizado neste domingo, segundo os resultados oficiais preliminares.

EFE |

Com uma apuração de votos que oscila entre 25% e 70%, segundo as mesas, o Governo perderia na província de Buenos Aires, o primeiro distrito eleitoral do país, e na capital, o segundo em importância.

Também perderia em Córdoba, a terceira província argentina por seu peso eleitoral, em Mendoza e inclusive em Santa Cruz, no sul, onde Kirchner governou durante 12 anos e onde sua esposa e sucessora na Presidência, Cristina Fernández, votou.

Com um terço dos votos apurados na província de Buenos Aires, a Frente para a Vitória (peronista) liderado por Kirchner obtém 31,9%, três pontos abaixo da coalizão União-PRO, liderada pelo peronista dissidente Francisco de Narváez, com 34,8%.

Em terceiro lugar na província o Acordo Cívico e Social, com 21%.

Se for confirmada esta tendência, Kirchner sofreria a maior derrota do Governo no cinturão industrial de Buenos Aires, tradicional reduto peronista. EFE mar/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG