Governo paquistanês reabilita juízes destituídos por Musharraf

Islamabad, 5 set (EFE).- O Governo paquistanês reabilitou hoje em seus cargos três juízes do Tribunal Supremo que foram destituídos em 2007 pelo ex-presidente Pervez Musharraf, informou à Agência Efe uma fonte judicial.

EFE |

Segundo a agência estatal "APP", os magistrados Shakirullah Khan, Tassaduq Hussain Jillani e Jamshed Ali juraram hoje de novo o cargo na sala de cerimônias do tribunal perante o chefe da corte, Abdul Hamid Dogar.

A volta dos juízes acontece um dia antes da votação presidencial para escolher o sucessor de Musharraf.

O presidente do colégio de advogados de Rawalpindi, Sardar Asmatullah, questionou em declarações à Efe a legalidade da restituição, já que os magistrados juraram o cargo perante Dogar, que assumiu a chefia do Supremo depois que Musharraf declarou estado de exceção em novembro de 2007 e suspendeu as garantias constitucionais.

"Os advogados rejeitam esse movimento", disse Asmatullah. EFE igb/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG