O governo do Estado de Maharashtra, na Índia, anunciou que vai dar novas casas para as duas estrelas mirins do filme Quem quer ser um milionário?. Os dois atores, descobertos pela produção do filme vencedor do Oscar, estão hoje desabrigados, depois que os barracos onde moravam foram demolidos pelas autoridades de Mumbai.

Mas a promessa do governo cria a possibilidade de que os dois atores acabem com dois apartamentos cada um, já que na quinta-feira o cineasta Danny Boyle disse que o fundo criado por ele havia comprado uma casa para o menino Azharuddin Ismail, de 10 anos, e que outra seria escolhida em breve para a menina Rubina Ali, de 9 anos.

Representantes do governo anunciaram a decisão como um "prêmio" por eles terem representado a Índia internacionalmente. Mas a mãe de Azharuddin, Shamin Ismail, disse à BBC que o apartamento oferecido pelo governo não é apropriado por ficar longe do restante da família, em um subúrbio afastado.

"Nossa família pode crescer e seria melhor se tivéssemos uma casa maior", afirmou ela.

"Meu filho trabalhou duro durante as filmagens e seria justo se ele ganhasse uma acomodação maior."

O diretor Danny Boyle, que recebeu críticas por não oferecer ajuda suficiente às crianças, culpou a mídia esta semana por elevar as expectativas dos atores mirins.

"Inevitavelmente, a tensão e a pressão são geradas pela mídia", disse Boyle.

"Eles tiveram acesso a um mundo glamuroso e extraordinário e é compreensível que eles queiram que suas vidas sejam completamente transformadas."

Leia mais sobre: "Quem quer ser um milionário?"

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.