Governo Obama renova sanções contra a Síria

WASHINGTON - O governo Obama renovou as sanções contra a Síria em razão de sérias preocupações com o comportamento do país, apesar de ter enviado dois importantes diplomatas a Damasco nesta semana na tentativa de melhorar os laços, disseram autoridades norte-americanas na sexta-feira. Continuamos a ter sérias preocupações sobre as ações da Síria, disse o porta-voz do Departamento de Estado Robert Wood.

Reuters |

Embora os Estados Unidos tenham deixado claro que querem melhorar os laços com a Síria, país ao qual acusam de apoiar o terrorismo, a renovação das sanções mostra que a nação ainda não está preparada para uma melhoria drástica nas relações.

"Precisamos observar medidas concretas do governo sírio para andar em outra direção", disse Wood a jornalistas.

Obama assinou uma ordem executiva na quinta-feira renovando as sanções, pouco depois de dois enviados norte-americanos se encontrarem com o ministro das Relações Exteriores sírio, Walid al-Moualem, na capital síria.

A visita do funcionário do Departamento de Estado Jeffrey Feltman e do funcionário do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca Daniel Shapiro foi a segunda da dupla desde que Obama assumiu o poder em janeiro e começou a dialogar com Damasco.

A medida reverteu uma política de isolamento do antecessor de Obama, George W. Bush, o primeiro a assinar a ordem executiva 13.338 em 2004, bloqueando a exportação de determinados bens para a Síria e os bens de alguns indivíduos.

As duas autoridades norte-americanas disseram aos seus colegas sírios que os EUA estão comprometidos em buscar um acordo de paz entre a Síria e Israel, um dos principais objetivos na política externa de Damasco.

Mas na reunião também se discutiu o papel da Síria no Iraque e no Líbano e suas relações com grupos militantes no Oriente Médio -- questões que contribuíram para a deterioração dos laços entre Damasco e Washington nos últimos anos, de acordo com fontes familiares com o encontro.

Leia mais sobre: Barack Obama

    Leia tudo sobre: barack obama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG