O governo de Barack Obama pediu à Suprema Corte dos Estados Unidos que impeça a publicação de fotos mostrando soldados americanos torturando prisioneiros no Iraque e no Afeganistão, para não piorar a situação das tropas atualmente mobilizadas nestes dois países.

"O presidente dos estados Unidos e os oficiais militares de mais alta patente, responsáveis pelas operações atuais no Iraque e no Afeganistão, determinaram que a publicação destas fotos constituiria um risco considerável para a vida e a integridade física dos soldados e dos civis americanos", explica o governo em seu pedido, do qual a AFP obteve uma cópia nesta segunda-feira.

A Suprema Corte deve dar sua resposta nos próximos meses.

llum/yw

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.