Governo Morales processará líderes opositores da região de Santa Cruz

La Paz, 6 abr (EFE).- O Governo de Evo Morales anunciou hoje que processará os líderes opositores da região boliviana de Santa Cruz que organizam um referendo autonomista para o dia 4 de maio e que depois emitirão várias normas e decretos regionais.

EFE |

"Nem sequer é algo que possamos optar. Estamos na obrigação de instaurar processos legais correspondentes a aqueles que realizaram, fomentaram e convocaram para atos ilegais", declarou hoje o ministro de Governo (Interior), Alfredo Rada, à rádio estatal "Patria Nueva".

O presidente Morales afirmou no último sábado, durante uma reunião com suas bases cocaleiras, que os estatutos autônomos de Santa Cruz que serão submetidos à consulta "são uma verdadeira sedição" e pediu a intervenção da justiça para defender "a unidade do país".

Segundo Rada, apesar de o Executivo "não querer" chegar aos tribunais contra as autoridades de Santa Cruz, não lhe resta alternativa, pois esta consulta autonomista tem "vícios de ilegalidade". EFE ja/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG