México, 5 nov (EFE).- O Governo do México afirmou hoje que não tem, por enquanto, indícios de que o acidente aéreo que na terça-feira matou o ministro do Interior e pelo menos outras oito pessoas na capital do país tenha sido conseqüência de um atentado.

"Até o momento, não foram detectados indícios que permitam formular hipóteses diferentes às de um acidente", disse o ministro de Comunicações e Transportes mexicano, Luis Téllez. EFE ea/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.