Governo italiano redige projeto de lei para impedir morte de Eluana

Roma, 6 fev (EFE).- O Governo italiano, liderado pelo conservador Silvio Berlusconi, elaborou hoje um projeto de lei para impedir a que a alimentação e a hidratação de Eluana Englaro, em estado de coma vegetativo desde 1992, sejam suspensas.

EFE |

"Aprovamos o mesmo texto que o do decreto de hoje, só que sob a forma de projeto de lei", disse Berlusconi em entrevista coletiva após a reunião extraordinária convocada após a recusa do presidente do país, Giorgio Napolitano, em assinar o decreto-lei.

O projeto de lei recém-redigido, segundo o primeiro-ministro, será enviado ao Senado para que os legisladores agilizem os trâmites para impedir a redução da alimentação e da hidratação de Eluana, iniciada hoje na clínica La Quiete, em Udine (nordeste). EFE mcs/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG