Roma, 6 fev (EFE).- O Governo italiano, liderado pelo conservador Silvio Berlusconi, aprovou hoje um projeto de lei para impedir a que a alimentação e a hidratação de Eluana Englaro, em estado de coma vegetativo desde 1992, sejam suspensas.

EFE mcs/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.