Noite dos Cristais - Mundo - iG" /

Governo israelense lembra os 70 anos da Noite dos Cristais

Jerusalém, 9 nov (EFE).- Nos 70 anos da trágica Noite dos Cristais (Kristallnacht), que marca o início do Holocausto, o primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, disse que fatos imperdoáveis e inesquecíveis como esse nunca mais se repetirão.

EFE |

"Um fenômeno no qual distúrbios de rua incitados prejudicam os judeus e destroem suas propriedades é algo imperdoável e inesquecível", disse Olmert, ao iniciar hoje a reunião com seu Gabinete de Ministros.

"Ao longo do tempo, nos asseguramos de que uma coisa como essa não volte a ocorrer jamais ao povo judeu", disse o chefe do Governo, informou a versão on-line do jornal "Yedioth Ahronoth".

Na noite de 9 de novembro de 1938, os nazistas incitaram uma série de revoltas nas ruas contra os judeus na Alemanha e Áustria, e, em poucas horas, milhares de sinagogas, casas e estabelecimentos judeus foram destruídos.

Cerca de 30 mil judeus que foram detidos na "Kristallnacht" seriam os primeiros a ser enviados a campos de concentração, e outros 91 morreram nos ataques.

O Museu do Holocausto (Yad Vashem) realiza hoje uma série de atos para lembrar a tragédia, com a participação dos embaixadores alemão e austríaco em Israel, assim como sobreviventes do Holocausto. EFE aca/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG