Governo iraquiano considera terrorista organização opositora iraniana

Bagdá, 17 jun (EFE).- O Governo do Iraque disse hoje considerar terrorista o grupo opositor iraniano Mujahedin Khalq, e por isso proibiu as instituições iraquianas de colaborar com essa organização.

EFE |

"O Executivo decidiu proibir toda organização, partido político, instituição e cidadãos iraquianos e estrangeiros de tratar com o Mujahedin Khalq dentro do Iraque", disse o porta-voz do Governo iraquiano Ali al-Dabbagh.

Dabbagh revelou que a decisão foi adotada em uma sessão ordinária do Conselho de Ministros realizada em Bagdá.

"Esse grupo armado interfere nos assuntos internos do país, e instiga contra o Governo e suas instituições", afirmou. EFE am/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG