Governo interino de Honduras reinstala toque de recolher

O governo interino de Honduras, comandado por Roberto Micheletti, reinstalou o toque de recolher entre 0h e 5h nesta quinta-feira, com o objetivo de evitar distúrbios de simpatizantes do presidente destituído Manuel Zelaya.

AFP |

"O governo da República, em vista das contínuas e abertas ameaças da parte de grupos que buscam provocar distúrbios e desordem em alguns lugares de nosso país, para dar segurança e proteção a todas as pessoas e seus bens, decidiu instaurar o toque de recolher", afirma um comunicado oficial.

As autoridades que assumiram o poder depois da derrubada de Zelaya em 28 de junho estabeleceram o toque de recolher durante 15 dias. O mesmo foi suspenso no sábado passado.

No entanto, a Frente de Resistência que organiza manifestações para pedir o retorno de Zelaya ao poder anunciou uma série de ações para esta quinta-feira, como bloqueios de estradas em diferentes regiões do país.

No comunicado, o governo pede a compreensão da população hondurenha e que os cidadãos acatem a disposição adotada com o objetivo de "proteger a segurança das pessoas e seus bens e garantir a ordem e a paz social".

Entenda:


Leia mais sobre Honduras


    Leia tudo sobre: exércitogolpehonduras

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG