Governo interino de Honduras aguarda nova proposta

TEGUCIGALPA (Reuters) - As conversas agendadas para esta quarta-feira para tentar uma saída à crise em Honduras foram prorrogadas à espera de uma nova proposta do presidente da Costa Rica, o mediador Oscar Arias, disse o chanceler interino de Honduras, Carlos López. Estou no aguardo de uma nova proposta dele (Arias) para seguir trabalhando. Tenho instruções do presidente (de facto Roberto) Micheletti para seguir trabalhando, disse o chanceler interino a uma rede de tevê.

Reuters |

A segunda rodada de negociações fracassou no domingo, pois as partes não concordaram com a volta de Zelaya ao poder, o que o governo interino considera inaceitável.

Arias havia pedido mais 72 horas, que vencem nesta quarta-feira.

López disse que a Suprema Corte de Justiça de Honduras emitiu na noite de terça-feira uma declaração na qual diz que Zelaya foi destituído e por isso não pode retornar à presidência. Zelaya foi deposto no mês passado.

"Isso é uma barreira", disse. O chanceler interino afirmou ainda que Arias tem uma nova proposta pronta para apresentar a ambas as partes.

Consultado sobre quando se retomariam as conversas em San José, o chanceler disse: "Pode ser esta mesma semana. Estaremos no aguardo."

(Reportagem de Marco Aquino e Esteban Israel)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG