desestabilizar democracia - Mundo - iG" /

Governo grego diz que não tolerará tentativa de desestabilizar democracia

Atenas, 8 dez (EFE) - O Governo grego assegurou hoje que não tolerará a tentativa de desestabilizar a democracia, após seis horas de destruição de propriedade pública e privada por parte de radicais no centro de Atenas e outras cidades do país.

EFE |

Este é o terceiro dia de distúrbios produzidos pela reação da população à morte do jovem Alexander Grigoropoulos por uma bala disparada por um policial sob circunstâncias ainda investigadas.

Enquanto o centro da capital se encontrava nas mãos de um grupo de mil radicais que destruía tudo o que encontrava pela frente, ateando fogo a prédios e destruindo armazéns para depois saqueá-los, o primeiro-ministro grego, Costas Caramanlis, convocou uma reunião urgente com os ministros pertinentes.

No final da reunião, que durou três horas, o ministro de Obras Públicas, Giorgos Souflias, declarou que "ninguém tem o direitos de atropelar a democracia e fazer a Justiça com as próprias mãos" e pediu calma e que cada cidadão assuma suas responsabilidades.

O titular do Interior, Prokopis Pavlopulos, declarou que tanto a Polícia quanto os bombeiros "fizeram seu trabalho para enfrentar aqueles que se aproveitam de um fato lamentável", e acrescentou que "temos democracia e funcionamos com base nela e respeitamos os direitos humanos".

"As instituições estão presentes para proteger os cidadãos e fazemos isso sem sacrificar a democracia", declarou o ministro.

O primeiro-ministro se reunirá amanhã com o presidente grego, Carolos Papoulias, e com os chefes dos partidos parlamentares separadamente para informar sobre a situação.

O objetivo do chefe de Governo é conseguir o consenso dos partidos políticos da oposição para impor a ordem com maior severidade e colocar fim à pior onda de incidentes violentos sofrida pelo país nos últimos 40 anos, que respondem ao descontentamento social pela situação econômica e a corrupção nas cúpula do Governo.

Diversos organismos populares convocaram manifestações e concentrações para terça-feira, dia do enterro do jovem. EFE afb/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG