Governo golpista decreta toque de recolher após volta de Zelaya

Tegucigalpa, 21 set (EFE).- O Governo de fato em Honduras, presidido por Roberto Micheletti, decretou hoje toque de recolher em todo o país, com início às 16h e término às 7h de terça-feira (19h e 10h em Brasília), após o retorno do deposto Manuel Zelaya.

EFE |

A medida do Governo foi anunciada em nível nacional por rádio e televisão, enquanto centenas de seguidores de Zelaya permanecem diante da Embaixada do Brasil em Tegucigalpa, onde o líder deposto se encontra.

Em um breve comunicado, o Governo Micheletti indicou que o toque de recolher é "devido a eventos ocorridos nas últimas horas", com o objetivo de "proteger a tranquilidade, a vida e os bens das pessoas".

Zelaya, que foi derrubado pelos militares em 28 de junho passado e enviado à Costa Rica, chegou hoje de maneira surpreendente a Tegucigalpa.

Desde o golpe de Estado, o Governo interino hondurenho manteve um toque de recolher que vigorou até meados de agosto passado. EFE gr/bba/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG