Governo espanhol reforça plano antiterrorista para o Natal

MADRI - O Ministério do Interior espanhol reforçará a partir desta quarta-feira seu número de policiais por ocasião da aplicação do Plano de Prevenção e Proteção Antiterrorista.

EFE |

O reforço ocorrerá principalmente em locais de alta concentração de pessoas durante as festas natalinas, assim como em infra-estruturas estratégicas de todo o país, informou o Ministério do Interior.

Essas medidas de segurança são adotadas habitualmente durante o período de Natal, e envolvem a mobilização de oficiais em grandes estabelecimentos comerciais, infra-estruturas de transportes, aeroportos e estações ferroviárias.

A vigilância também será reforçada em eventos esportivos e nas proximidades de áreas ou edifícios emblemáticos das cidades nas quais pode ocorrer uma afluência em massa de cidadãos.

A organização terrorista basca ETA (Pátria Basca e Liberdade, em português) perpetrou um atentado com carro-bomba em 30 de dezembro de 2006 no estacionamento do terminal quatro do aeroporto de Barajas, em Madri, matando dois imigrantes equatorianos.

Com esse atentado acabou a trégua que o grupo tinha anunciado meses antes. Pouco depois, em junho de 2007, retomou o que chama de "luta armada".

Leia mais sobre: Espanha - terrorismo

    Leia tudo sobre: espanhaterrorismo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG